fbpx

Dedicada a cuidar da saúde financeira dos seus clientes.

Selo AADCONCE Empresa associada

Como cobrar um condômino inadimplente

Fazer a cobrança das taxas em atraso faz parte das tarefas de um síndico. Como era de se esperar, não é algo fácil e pode gerar constrangimentos ao condômino inadimplente, se feito de maneira incorreta. Veja 3 cuidados para conduzir melhor essa situação:

Defina regras claras

É indispensável que existam regras de cobrança claras e bem definidas, que sejam de conhecimento de todos os moradores. Isso evita que os inadimplentes sejam pegos de surpresa com as medidas que serão tomadas caso a dívida não seja paga no devido prazo.

Agilize a cobrança

Assim que a inadimplência for identificada, é preciso tomar atitudes. É importante saber que é proibido expor o morador em débito, fazendo cobranças públicas em espaços de uso comum do condomínio, como salões de festas, elevadores, hall de entrada etc. Essa regra é válida tanto para cobranças verbais quanto escritas. Como falamos, é importante agir rapidamente, porém, tomando ações legais, como uma notificação direta ao morador inadimplente, por exemplo.

Ofereça soluções ao condômino inadimplente

É importante não somente cobrar, mas oferecer possibilidades para o morador que está devendo. Ouça o que o condômino tem a dizer e, dentro do possível, trace um plano para facilitar o pagamento. A esfera judicial traz desgastes para todos, então se a negociação puder acontecer sem envolvimento da Justiça, todos saem ganhando. Lembre-se: cobrar judicialmente deve ser sempre a última opção.

Conforme mostramos, cobrar condomínio atrasado é uma função muito importante a ser desempenhada pelo síndico, e deve ser desempenhada com seriedade, sempre dentro da lei. É necessário manter regras claras, agilizar a cobrança e propor soluções para assegurar que a situação seja resolvida de maneira rápida. Além disso, manter um bom planejamento financeiro do condomínio é primordial para evitar que casos assim não afetem o custeio de serviços essenciais a todos do prédio.

Outra boa opção é contar com uma empresa especializada nesse tipo de cobrança. Assim, o síndico se exime dessa função que, por muitas vezes, é confundida com algo pessoal e pode causar desavenças entre o síndico e outros moradores. Fale conosco para saber mais sobre esse serviço.